Aprenda a montar um plano de estudos para o seu filho

Uma das maneiras de reduzirmos o número de infecções do coronavírus é ficando em casa. Por isso, não só cursos e workshops como também as escolas adotaram o modelo home office. Entretanto, para muitas crianças e pais esse modelo é cansativo e demanda que o pai ou a mãe pare de trabalhar para acompanhar a rotina do filho. 

Uma das maneiras de ajudar nesse processo é criando um plano de estudos para o seu filho. O plano vai ajudá-lo a criar uma rotina e vai te poupar tempo, já que você não vai precisar ficar toda hora sugerindo a ele o que fazer. Pelo contrário, já vai estar tudo escrito e à mão do seu filho para ele completar as tarefas. 

Como fazer um plano de estudos?

Primeiro, confira como já era a rotina do seu filho antes da quarentena. Se ele estudava a tarde ou de manhã, por exemplo, tente conciliar o horário que já existia da escola com as necessidades específicas do seu filho, como talvez colocar uma pausa de 30 minutos depois do almoço para descansar, ou começar o plano de estudo um pouco mais tarde que o horário da escola tradicional. 

Além disso, peça ajuda da escola para saber qual é o conteúdo planejado para o semestre. Confira se não é necessário fazer umas adaptações a favor da revisão, ao invés do aprendizado de conteúdo novo, uma vez que os professores não têm o mesmo acesso e contato com as crianças para explicar novos conceitos. 

Outra ideia é pedir a ajuda de irmãos mais velhos na hora de fazer a criança mais nova a seguir o plano de estudos. Durante a quarentena, todos estamos nos sentindo sobrecarregados e toda a ajuda é válida. 

No plano de estudos para o seu filho é importante colocar também as tarefas que ele faz em casa, ou qualquer responsabilidade que ele tenha fora a escola (exemplo: curso de inglês e estudar inglês). É também importante deixar tempo de lazer e exercício físico. A ideia do plano de estudos é te dar mais tempo livre e dar ao seu filho responsabilidade, então quanto mais claras forem as funções, mais fácil delas serem seguidas. 

Outro ponto importante é o local. Se possível, o ideal é que a criança possa ter um espaço separado para realizar os seus estudos. De preferência, que ela tenha uma mesa, uma cadeira, um luz e um ambiente mais tranquilo para concentrar. Uma política muito útil em coworkings e que pode ser adotada em casa é a ideia de sempre colocar fones de ouvidos para ouvir gravações (até os vídeos do WhatsApp) e seguir o protocolo de quando a pessoa estiver de fones, isso significa “não perturbe”. Ou seja, é um código que indica que a pessoa está focada naquele momento e que não quer conversar.

Modelos de planos de estudos:

Planejamento diário

Planejamento de aulas e de funções diárias

Plano de estudos semanais para o ENEM

Colocando o plano de estudos em prática

Após a organização e programação, se necessário repasse algumas vezes o plano de estudos com o seu filho e o ensine a se planejar. Organização de tempo é uma habilidade muito importante e requisitada no trabalho e nos vestibulares, então com certeza essa experiência que ele tiver agora vai ser muito útil no futuro. Para algumas pessoas com deficiência intelectual, a rotina é muito importante. Então por mais que talvez eles não tenham tanta independência na hora de executar o plano, é provável que ter um ritmo definido os traga tranquilidade. Caso o plano não funcione, outra sugestão de organização de tempo é a técnica pomodoro.

Se você quiser saber mais sobre o assunto, você pode conferir outras dicas de organização de tempo neste blog.

E se meu filho não seguir o plano a risca?

Olha, a chance disso acontecer é imensa, e tudo bem. Durante a quarentena, todos nós estamos com os relógios meio confusos. A ideia do plano de estudos é dar um norte para o seu filho e te dar um sossego para você focar nas suas tarefas. Então tente pensar dessa forma: “se o plano funcionar em quatro dos sete dias da semana, eu já estou no lucro. “

Tem um filme muito legal que reflete sobre essa questão da gente seguir uma rotina que é “O Pequeno Príncipe” da Paris Filmes. A criança principal do longa vive uma vida toda cronometrada (por uma grande tabela que a mãe deixa na cozinha), até que ela decide fugir dessa realidade ao conhecer um vizinho bagunceiro. 

Foto de capa: Alvaro Reyes via Unsplash

Texto de apoio: https://g1.globo.com/fique-em-casa/aulas-e-atividades/noticia/2020/03/26/como-montar-um-plano-de-estudos-para-as-criancas-que-seja-adequado-a-rotina-de-isolamento-por-causa-do-coronavirus.ghtml

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Font Resize